Meditação

Estudos Mostram que Meditação Pode Mudar a Estrutura Cerebral em Apenas 8 Semanas

Comida Viva/Raw Food

A Comida Viva Pode nos Conduzir a Grandes Sucessos Pessoais

Alimentação

"O homem não morre; mata-se" e uma das causas dessa morte prematura é, indiscutivelmente, o modo irracional como o Ser Humano se alimenta

Amor e Sexo

Pesquisas recentes demonstram que o prazer na cama não somente previne o infarto, combate a depressão, evita a celulite, mas também melhora a memória e ajuda a rejuvenecer.

Rir é o Melhor Remédio

Segundo o clínico geral e homeopata Eduardo Lambert, autor de "A Terapia do Riso - A Cura Pela Alegria", "esboçar um sorriso ou dar uma gargalhada estimula o cérebro a produzir endorfinas, substâncias químicas com poder analgésico que proporcionam uma grande sensação de bem estar".

Thursday, December 31, 2009

Feliz Ano Novo para Todos!


Glitter Graphics - GlitterLive.com


*********************

Integral & Transpersonal Psychotherapy Center
Consultório Psicológico Online - Inglês, Espanhol e Português - 24 horas/7 dias na semana

Tuesday, December 29, 2009

Uma maçã ao dia...

Quem já não ouviu na vida esta máxima de que “uma maçã ao dia deixa o médico fora de sua casa”, ou algo assim? Vejam só que isso é sim, uma verdade!

Numerosos estudos têm mostrado que comer maçãs regulamente pode reduzir o mau colesterol – LDL – no corpo.

Na França, pesquisadores pediram a 30 homens e mulheres de meia-idade para que adicionassem 2 – 3 maçãs por dia em suas dietas por um mês. No final do mês, 80% do grupo mostrou níveis de colesterol reduzidos, e em metade do grupo a queda foi de mais de 10%. Além disso, o nível do bom colesterol – HDL – subiu.

Acredita-se que a pectina, uma fibra solúvel encontrada particularmente nas maçãs seja o ingrediente mágico.

Além do mais, são absolutamente deliciosas, é ou não é?

Beijos, flores e muitos sorrisos para todos!

*********************

Integral & Transpersonal Psychotherapy Center
Consultório Psicológico Online - Inglês, Espanhol e Português - 24 horas/7 dias na semana

Sunday, December 27, 2009

Sobre o Alzheimer... vale a pena saber!

"A cada 1 minuto de tristeza perdemos a oportunidade de sermos felizes por 60 segundos."



Sobre o Alzheimer
Roberto Goldkorn é psicólogo e escritor


Meu pai está com Alzheimer. Logo ele, que durante toda vida se dizia 'o Infalível'. Logo ele, que um dia, ao tentar me ensinar matemática, disse que as minhas orelhas eram tão grandes que batiam no teto. Logo ele que repetiu, ao longo desses 54 anos de convivência, o nome do músculo do pescoço que aprendeu quando tinha treze anos e que nunca mais esqueceu: esternocleidomastóideo.

O diagnóstico médico ainda não é conclusivo, mas, para mim, basta saber que ele esquece o meu nome, mal anda, toma líquidos de canudinho, não consegue terminar uma frase, nem controla mais suas funções fisiológicas, e tem os famosos delírios paranóicos comuns nas demências tipo Alzheimer.

Aliás, fico até mais tranqüilo diante do 'eu não sei ao certo' dos médicos; prefiro isso ao 'estou absolutamente certo de que.....', frase que me dá arrepios.

E o que fazer... para evitarmos essas drogas?

Como?

Lendo muito, escrevendo, buscando a clareza das idéias, criando novos circuitos neurais que venham a substituir os afetados pela idade e pela vida 'bandida'.

Meu conselho: é para vocês não serem infalíveis como o meu pobre pai; não cheguem ao topo nunca, pois dali, só há um caminho: descer. Inventem novos desafios, façam palavras cruzadas, forcem a memória, não só com drogas (não nego a sua eficácia, principalmente as nootrópicas), mas correndo atrás dos vazios e lapsos.

Eu não sossego enquanto não lembro do nome de algum velho conhecido, ou de uma localidade onde estive há trinta anos. Leiam e se empenhem em entender o que está escrito, e aprendam outra língua, mesmo aos sessenta anos.

Coloquem a palavra FELICIDADE no topo da sua lista de prioridades: 7 de cada 10 doentes nunca ligaram para essas 'bobagens' e viveram vidas medíocres e infelizes - muitos nem mesmo tinham consciência disso.

Mantenha-se interessado no mundo, nas pessoas, no futuro. Invente novas receitas, experimente (não gosta de ir para a cozinha? Hum.... Preocupante). Lute, lute sempre, por uma causa, por um ideal, pela felicidade. Parodiando Maiakovski, que disse 'melhor morrer de vodca do que de tédio', eu digo: melhor morrer lutando o bom combate do que ter a personalidade roubada pelo Alzheimer.

Dicas para escapar do Alzheimer:

Uma descoberta dentro da Neurociência vem revelar que o cérebro mantém a capacidade extraordinária de crescer e mudar o padrão de suas conexões.

Os autores desta descoberta, Lawrence Katz e Manning Rubin (2000), revelam que NEURÓBICA, a 'aeróbica dos neurônios', é uma nova forma de exercício cerebral projetada para manter o cérebro ágil e saudável, criando novos e diferentes padrões de atividades dos neurônios em seu cérebro. Cerca de 80% do nosso dia-a-dia é ocupado por rotinas que, apesar de terem a vantagem de reduzir o esforço intelectual, escondem um efeito perverso; limitam o cérebro.

Para contrariar essa tendência, é necessário praticar exercícios 'cerebrais' que fazem as pessoas pensarem somente no que estão fazendo, concentrando-se na tarefa. O desafio da NEURÓBICA é fazer tudo aquilo que contraria as rotinas, obrigando o cérebro a um trabalho adicional. Tente fazer um teste:

- use o relógio de pulso no braço direito;
- escove os dentes com a mão contrária da de costume;
- ande pela casa de trás para frente; (vi na China o pessoal treinando isso num parque);
- vista-se de olhos fechados;
- estimule o paladar, coma coisas diferentes;
- veja fotos de cabeça para baixo;
- veja as horas num espelho;
- faça um novo caminho para ir ao trabalho.

A proposta é mudar o comportamento rotineiro!

Tente, faça alguma coisa diferente com seu outro lado e estimule o seu cérebro. Vale a pena tentar!

Que tal começar a praticar agora, trocando o mouse de lado?
Que tal começar agora enviando esta mensagem, usando o mouse com a mão esquerda?

'Critique menos, trabalhe mais. E, não se esqueça nunca de agradecer!'

Sucesso para você!!!

*********************

Integral & Transpersonal Psychotherapy Center
Consultório Psicológico Online - Inglês, Espanhol e Português - 24 horas/7 dias na semana

Friday, December 25, 2009

Feliz Natal para todos!




*********************

Consultório Psicológico Online - Inglês, Espanhol e Português - 24 horas/7 dias na semana

Wednesday, December 23, 2009

Andando em Círculos

A idéia de que os seres humanos andam em círculos quando estão perdidos é bastante repetitiva e quase uma lenda urbana. Agora, no entanto, cientistas estão testando para ver se isso realmente acontece.

Jan Souman do Instituto Max Planck para Biologia Cibernética e seus colegas usaram a tecnologia GPS para fixar rotas de caminhada durante várias horas para seis participantes em uma floresta alemã e três participantes no Sahara tunisiano, depois deles terem sido instruídos para caminhar sempre em linha reta.

A equipe de Souman descobriu que sem a ajuda do sol como guia, os humanos que caminham por territórios nos quais não estão familiarizados, realmente o fazem em círculos.

Somente dois participantes que já haviam caminhado pela floresta em um dia ensolarado e um participante que andou no deserto durante o dia, todos os demais estudantes acabaram caminhando em círculos.

Explicações prévias para o por quê os humanos se perdem caminhando em círculos se referem equivocadamente ao tamanho e força das pernas. No entanto, os pesquisadores rejeitaram estas explicações - um teste realizado com participantes vendados mostrou não haver nenhuma tendência sistemática em desviar-se para uma ou outra direção, e nenhuma associação entre força das pernas e influência direcional.

"O fato de que os participantes caminharam frequentemente em círculos, em lugar de seguir um zigzag aleatório sugere que o direcionamento 'reto' foi causado pela mudança em seus sentidos subjetivos do que é 'reto' em lugar de ser por um barulho aleatório a impulsionar os seus sentidos", dizem os pesquisadores.

O fato dos participantes haverem podido usar o sol para ajudá-los a se manter no curso ideal, sugere que os humanos, da mesma forma que as abelhas fabricantes de mel, são capazes de se orientar adequadamente a partir dos movimentos do sol quando necessitam de direção.

"Ironicamente, em uma era em que os sistemas de navegação são tão sofisticados, a exemplo dos aviões, carros e até mesmo os celulares, somente agora começamos a entender como os humanos se direcionam através do meio ambiente, explorando terrenos desconhecidos", concluem os pesquisadores.

(CJ, "The Psychologist", vol. 22 no. 11, novembro/2009)
Traducao minha


*********************

Integral & Transpersonal Psychotherapy Center
Consultório Psicológico Online - Inglês, Espanhol e Português - 24 horas/7 dias na semana

Monday, December 21, 2009

O clima lá fora está terrível

O clima lá fora está terrível

(Baseado no texto "Weather Outside is Frightful", de Evelyn Cash)

O Solistício de inverno ja' a nossa porta, e sabemos que este inverno será difícil com temperaturas abaixo de zero. É claro que este não é o primeiro inverno difícil, nem será o último com muitas tempestades. Pois sim! Nessas situações vemos que as idéias de paciência, compaixão e consciência ensinadas pelo Budismo são essenciais para enfrentar uma estação tão dura, principalmente fora dos trópicos.

Eu que não nasci em um clima de inverno difícil fico incomodada por ter que vestir gorros, casacas, luvas, cachecol, calças compridas de lã por baixo dos jeans, e um sem fim de roupas que ao final me tiram metade dos movimentos e me fazem parecer com, pelo menos, 10 kilos a mais (risos). Pelo motivo principal de não haver nascido e crescido em um clima com este, minha imunidade a este tipo de clima é zero, mas tenho que preparar-me para a estação. Quando vemos filmes e documentários, aprendemos que no inverno rigoroso as crianças crescem aprendendo a usar a pá para retirar a neve de suas portas, aprendem a lidar com este clima adverso e, ao crescer, a dirigir em condições difíceis.


Seria muito fácil dar a volta na neve da calçada e deixar por isso mesmo e sair em busca de um meio de transporte para chegar ao trabalho ou ao colégio, mas isso não é possível e como não é possível há que ser bravo, adicionando um pouco de perspicácia e paciência e estes dias. É muito fácil desviar-se do carro congelado e ficar irritado ou frustrado com nossa situação mas acho que é importante lembrar algumas poucas coisinhas que são verdadeiramente importantes. A primeira delas é que ninguém tem controle sobre o clima e que o fato do nosso carro amanhecer coberto de gelo não é um ataque pessoal da natureza contra nós. Afinal de contas, se olharmos ao redor vamos ver que há outros tantos carros nas mesmas condições que o nosso. Assim que não estamos sozinhos nessa.

Quando olhamos estes eventos sob a perspectiva budista, tempestades de inverno oferecem uma oportunidade única de praticar a paciência. Não importa quão importante é a reunião que nos espera no escritório, não vale a pena que arrisquemos nosso pescoço dirigindo apressadamente por estradas e ruas que se assemelham a rings de patinação. O melhor a fazer é ligar o som e apreciar a melhor música de nosso playlist e dirigir cautelosamente em direção ao nosso compromisso. Vamos demorar mais a chegar, é certo, mas ao  menos sabemos que nosso destino é seguro e não teremos que importunar os agentes de nosso seguro do carro com qualquer problema mecânico, ou acidentes.

E finalmente, e mais importante, eu acho que quando as temperaturas caem alguns dígitos no nosso termômetro, devemos saber que há pessoas em todas as cidades que não têm os elementos que nos beneficiam tanto, nem ao menos uma chaminé quentinha. Somos suficientemente afortunados para ter carros que nos levam aonde precisamos ir e caminhas quentinhas para nossas noites frias. Lembremos que nem todos são tão sortudos como nós. Estes pensamentos devem servir de inspiração para que ajudemos aos mais necessitados no inverno.

Nunca nos esqueçamos do quão afortunado somos por poder raspar o gelo do vidro de nossos carros todas as manhãs e deixemos de tantas reclamações.


*********************

Integral & Transpersonal Psychotherapy CenterConsultório Psicológico Online - Inglês, Espanhol e Português - 24 horas/7 dias na semana

Saturday, December 19, 2009

Consultório Psicológico Online

Para quem já conhece não vai aqui nenhuma novidade, mas para os que ainda não conhecem, tenho a alegria de apresentar o "Consultório Psicológico On Line".

Este Consultório Psicológico trabalha, assim como está descrito, de forma unicamente on line, seja por meio de chat ou e-mail, a depender da disponibilidade do terapeuta e do paciente.

As vantagens oferecidas por este tipo de serviço são, entre outras, a oportunidade de que o paciente/cliente faça seu próprio horário de atendimento (com a disponibilidade de 24 horas por parte do terapeuta, 7 dias da semana), com sessões que podem ter a duração desejada, a depender da disponibilidade financeira e/ou de tempo do próprio paciente, além do benefício do total anonimato, o que, para muitas pessoas que necessitam de auxílio psicológico é um fator extremamente positivo, dado que muitas pessoas ainda tem vergonha de necessitar de ajuda e de pedí-la pessoalmente...

O serviço está disponível em Inglês e Espanhol (para chat e e-mail) e Português (somente para e-mail).

Vale a pena conferir, divulgar aos amigos e conhecidos e se beneficiar deste tipo de serviço cujo propósito principal é o de ajudar a enfrentar as adversidades do dia-a-dia na companhia de um profissional que possa realmente auxiliar na solução de seus conflitos... Lembre-se que você não está sozinho!

Vale a dica! O link para o Consultório Psicológico On Line estará em caráter PERMANENTE ao final de cada post... é só chegar, clicar e ser beneficiado...

Beijos, flores e meus eternos sorrisos... sempre!

*********************

Integral & Transpersonal Psychotherapy Center
Consultório Psicológico Online - Inglês, Espanhol e Português - 24 horas/7 dias na semana

Thursday, December 17, 2009

Mutismo Seletivo

Em 23 de junho de 2008 eu publiquei este post sobre Mutismo Seletivo para demonstrar o meu viver diário com este problema junto a minha filha Carmen Letícia, minha doce Carmencita.


Desde a publicação deste post, há mais de um ano, ela já teve grandes avanços, mas tudo neste problema é muito lento e não nos resta nada mais de que ter muita paciência, e muito Amor...


Republico hoje na esperança de seguir ajudando a levar o conhecimento a quem dele necessita!


*********************



Dedico este post de hoje a uma linda menina, inteligente, alegre, simpática, um anjo precioso em minha vida, minha linda Carmencita, uma princesinha tímida e muda seletiva, que, como qualquer outra criança é total merecedora de todo Amor, Carinho, Afeto e Compreensao possíveis...


Espero com este texto, extraído de várias fontes e estudos pessoais do papai Rafael, ajudar a tantos outros pais que sofrem calados por nao compreender bem sobre este problema nao tao frequente, mas real... O texto é longo, mas vale a pena "perder" um pouco de tempo para poder ler e compreender sobre este problema que afeta 7 em cada 1000 crianças, dos quais 80% sao meninas...


A todos deixo meus beijos, flores, sorrisos eternos e muito Amor a todos os Mudos Seletivos que tanto necessitam de carinho, compreensao e, sobretudo, RESPEITO...


Mutismo Seletivo


Mutismo seletivo é uma condiçao de ansiedade social, onde uma pessoa que é capaz de falar é incapaz de se expressar verbalmente em determinadas situaçoes.


No Manual de Estatística e Diagnose de Desordens Mentais, o Mutismo Seletivo é descrito como uma desordem psicológica pouco frequente nas crianças. Crianças (e adultos) com este tipo de problema sao completamente capazes de falar e compreender a linguagem, mas nao o fazem em determinadas situaçoes sociais, quando é o que se espera deles.


Funcionam normalmente em outras áreas do comportamento e aprendizado, embora se privam severamente de participar em atividades de grupo. É como uma forma extrema de timidez, mas a intensidade e duraçao a distingue. Como por exemplo, uma criança pode passar todo o tempo completamente calado na escola, por anos, mas falar livremente ou excessivamente em casa.


Outras características sao, além da timidez extrema, o retraimento social, a dependencia e o perfeccionismo.


Esta desordem NAO é considerada uma desordem da comunicaçao, pois a maioria das crianças se comunica através de expressores faciais, gestos, etc.


Ao realizar o diagnóstico, pode ser confundido facilmente como um tipo seletivo de Autismo ou Síndrome de Asperger, especialmente se a criança atua de modo retraído na presença do psicólogo. Isto pode levar a um tratamento incorreto.


O Mutismo Seletivo é caracterizado por:


  • Fracasso consistente para falar em situaçoes sociais específicas (por exemplo, na escola, onde existe a expectativa de falar) apesar de expressar-se verbalmente em outras situaçoes.
  • Interfere nas conquistas educacionais ou laborais, ou com a comunicaçao social.
  • O fracasso para falar nao se deve a falta de conhecimento do idioma falado requerido na situaçao social.
  • Nao se considera como uma desordem da comunicaçao (a exemplo da gagueira), e nao ocorre exclusivamente durante uma esquizofrenia ou outra desordem psicótica.

Ainda nao foram estabelecidas as causas, mas há evidencias de que existem um componente hereditário e que também é mais comum em meninas que em meninos e normalmente é percebida antes dos 5 anos de idade embora a maioria dos pais e/ou profissionais somente se apercebam do problema quando a criança começa na vida escolar.


Entre os aspectos negativos estao:

 
  • Os portadores do Mutismo Seletivo encontram dificuldade em manter contato visual.
  • Com frequencia nao sorriem em público ou em expressoes vazias (sempre em público).
  • Se movem de forma rígida e torpe.
  • Nao podem manejar situaçoes onde se espera que falem normalmente, como uma saudaçao, uma despedida ou um agradecimento.
  • Tendem a preocupar-se mais com as coisas de que o restante das pessoas.
  • Podem ser muito sensíveis ao ruído e ao excesso de gente.
  • Encontram dificuldade em falar sobre si mesmos ou expressar seus sentimentos.


 Entre os aspectos positivos estao:


  • Inteligencia e percepçao superior aos demais, sao curiosos.
  • Sao sensíveis aos pensamentos e emoçoes alheias (empatia).
  • Tem um grande poder de concentraçao.
  • Com frequencia tem um bom sentido do que é correto, incorreto e de justiça.


Os fatores mais relevantes no ambito escolar sao:

  • Geraçao de expectativas negativas por parte dos professores e dos alunos com relaçao a possivel evoluçao e normalizaçao da fala da criança com Mutismo Seletivo. Tantos os professores como os colegas pensam e verbalizam que o Mudo Seletivo nao fala, nem vai falar.
  • Acomodaçao do entormo as dificuldades do Mudo Seletivo. O aluno deixa de fazer certas atividades academicas porque nao fala (nao vai ao quadro, nao participa de atividades com perguntas orais), os companheiros se tornam “intérpretes” do Mudo Seletivo, que responde sempre mediante gestos.
  • Diminuiçao de situaçoes em que é necessária a comunicaçao oral. Nem os professores nem os colegas pedem ao Mudo Seletivo respostas orais.
Os fatores relevantes no ambito familiar e social sao:


  • Excessiva atençao recebida pelo fato de nao falar. Há interesse excessivo por parte da família e/ou conhecidos em saber repetidamente se o Mudo Seletivo falou no colégio, e de ter falado, com quem, quanto e como.
  • Alto nível de exigencia por parte dos pais para que falem e falem bem. Os pais se mostram excessivamente exigentes na correçao da fala.
  • Superproteçao familiar. Dependencia excessiva do adulto, com pouco desenvolvimento de hábitos de autonomia pessoal e de comportamentos responsaveis.

Os fatores relevantes relacionados com características de personalidade e condiçoes pessoais:


  • Rigor excessivo, meticulosidade e perfeccionismo que nao permitem ao Mudo Seletivo enfrentar situaçoes das quais tenham medo de fracassar.
  • Excessiva inibiçao social, timidez e retraimento que dificultam relaçoes interpessoais.
As razoes para que se faça uma intervençao o quanto antes, no que se refer ao diagnóstico e tratamento do Mutismo Seletivo, se deve ao fato de, como transtorno, o Mutismo Seletivo forma parte de uma situaçao continua que vai desde os que se comunicam oralmente mas só o fazem de maneira esporádica (aversao a falar), passa pelos que selecionam as pessoas e as situaçoes nas quais vao falar (Mutismo Seletivo) e finaliza com as crianças que vao restringindo progressivamente as situaçoes e as pessoas, até deixar de falar completamente (Mutismo Total).


A experiencia demonstra que se se permite que o problema se mantenha no tempo, nao somente nao desaparecerá, como tamém que com muita probabilidade se agravará. A criança irá ampliando a rejeiçao a falar em mais situaçoes e com mais pessoas. Daí a importancia de intervir o mais cedo possivel.


Dado a origem multicausal do mutismo, a intervençao deve contemplar a atuaçao dos ambitos familiar, social e escolar.


A intervençao deverá ter em conta as seguintes questoes:

  • Tanto as atitudes de superproteçao como as que tendem a minimizar ou ignorar o problema e que tem como objetivo nao provocar sofrimento nas crianças, nao fazem mais que reforçar e incrementar o mutismo.
  • As situaçoes comunicativas naturais nao sao suficientes para superar o mutismo. É necessário planificar e desenhar outras situaçoes, garantindo sempre o exito dos intercambios comunicativos da criança.
  • A exigencia deve ser ajustada a uma progressao e se deve manter ao longo de todo um processo, evitando a tendencia natural a acomodaçao, no nível alcançado, tanto das crianças, como do ambiente.
  • A necessidade de rigor e sistemática e a diversidade de ambitos afetados exige a coordenaçao de todos os implicados.
O objetivo final da intervençao é que a criança com Mutismo Seletivo seja capaz de interagir verbalmente de forma espontanea com adultos e crianças, na escola e no entorno social e familiar, levando a cabo petiçoes verbais espontaneas e respondendo de forma audível as perguntas que lhes sejam feitas.


É preciso fortalecer a estrutura de personalidade da criança com Mutismo Seletivo, melhorando suas condiçoes pessoais, familiares e sociais, adotando medidas específicas relacionadas com as dificuldades de comunicaçao e fala da criança nas situaçores e contextos sociais concretos, com o objetivo de minimizar a dificuldade e melhorar a situaçao geral.


No entanto, pode haver crianças para as quais estas pautas gerais nao sejam suficientes, nestes casos, o processo de intervençao deverá ser planificada de maneira mais exaustiva e específica, levando em conta as condiçoes e características da criança e dos entornos nos que se desenvolvem.


Pautas para melhorar as condiçoes familiares, pessoais e sociais:

  • Oferecer a criança com Mutismo Seletivo um ambiente seguro, comunicaçao, serenidade, compreensao e afeto.
  • Eliminar atitudes de superproteçao.
  • Manifestar confiança nas possibilidades da criança e na superaçao do problema.
  • Evitar os estilos de autoridade rígidos e a exigencia excessiva da perfeiçao da criança.
  • Desenvolver hábitos corretos de autonomia e rotinas na dinamica familiar adequados a idade da criança em relaçao a alimentaçao, higiene, vestimenta, ordem...
  • Desginar responsabilidades adequadas para a idade da criança e que repercutam positivamente na família.
  • Estabelecer normas básicas de funcionamento no lar.
  • Incidir no positivo, destacando os pontos fortes da criança, reforçando as tarefas que a criança realiza adequadamente e utilizando com frequencia o reforço social.
  • Buscar atividades físicas de caráter lúdico que permitam descarregar as tensoes que experimentam as crianças durante a jornada escolar.
  • Facilitar ao máximo a interaçao com os companheiros, vizinhos e amigos de sua idade (atividades extra-curriculares, saídas, parques, festas, espetáculos).
  • Manter uma comunicaçao recíproca e continuada com a escola para coordenar as açoes.


 Pautas específicas para a estimulaçao da fala:


  • Ensinar condutas adequadas de interaçao social nao verbal e verbal (como as saudaçoes, como pedir para brincar, como se aproximar...)
  • Atuar como mediador com outras crianças (começar a brincar com a criança e os outros para facilitar a interaçao entre eles).
  • Brincar com a criança e outras crianças com jogos que requeiram uma produçao verbal limitada (dominó, jogos de cartas, entre outros).
  • Planejar situaçoes que facilitem a comunicaçao verbal com outros (convidar outras crianças a casa, ir as compras, ao parque ou a praça, festas de aniversário...).
  • Reforçar todas as aproximaçoes verbais e nao verbais da criança com outros companheiros (comentar como é agradável estar e brincar com os outros, ter amigos, convidar amigos para visitar a casa...).
  • Ampliar progressivamente o círculo de amigos com os que começa a falar (repetir as situaçoes exitosas com frequencia e introduzir, pouco a pouco, as novas relaçoes).
  • Elminiar comentários que façam referencia a que nao fala, (perguntar se falou na escola, se cantou uma música, quando vai começar a falar...).
  • Nao reclamar nem antecipar consequencias negativas (nao ameaçar com possiveis castigos).
  • Evitar as comparaçoes com outros irmaos, companheiros ou outras crianças.
  • Evitar comentários que sugiram quando pode começar a falar, quando é o momento correto, como pode faze-lo.
  • Nunca forçar a falar em situaçoes sociais nas quais se observe ansiedade excessiva (nao insistir que responda a um cumprimento ou perguntas de amigos ou conhecidos).


Fontes:

es.wikipedia.org/wiki/Mutismo_selectivo

http://www.pnte.cfnavarra.es/creena/002conductuales/Guia%20mutismo%20selectivo.htm, por Carmen Cortez Urban, Consuelo Gallego Gallego, M. Pilar Marco Gallo, Iñaki Martinez Urmeneta, Carlos Ollo Oscariz.



PS: A propósito, Carmencita é uma menina extremamente alegre mas que se expressa oralmente unicamente comigo (a mae), Rafael (o pai) e Lucas (o irmao mais velho)... (hoje ela ja fala tamem com os avos paternos). Com os demais familiares e amigos ela se comunica muito bem com gestos, sorrisos, olhares e muita simpatia. Apesar de nao se expressar oralmente com os demais, demonstra carinho e afeto pelos seres queridos, vai normalmente a escolinha, brinca com os amiguinhos, é considerada a melhor aluna de toda a escola, e, para completar, acreditem, fala fluentemente Ingles (o seu idioma nativo), Espanhol e Portugues (suas duas segundas linguas)... Sem sombra de dúvidas, é sim, um verdadeiro anjo... e aí eu me pergunto: "Falar pra que?" (risos) ... :o)


*********************


Consultório Psicológico Online - Inglês, Espanhol e Português - 24 horas/7 dias na semana

Tuesday, December 15, 2009

Ate quando?


"Dar tudo para o seu filho não supre a distância.” Com esta frase uma mãe resumiu o seu sofrimento ao perder a filha para a vaidade nesta semana passada...

Que triste que ainda hoje, depois de tanto que já se falou no assunto, depois de tanto que se combate dia a dia nos jornais e notícias, nossos filhos continuam morrendo vítimas da vaidade, da desinformação e da falta de respeito da sociedade com relação a meninos e meninas que sequer chegam a ser adultos, porque nós, os que conseguimos chegar a esta idade, não os permitimos, por nossa ignorância, por nossa falta de consciência. E pior, pelo abandono dos pais, que, desculpando-se com as melhores intensões, deixam que os filhos se criem sozinhos, sem uma guia a seguir.

A notícia vai ser, com certeza, apenas mais uma a ser comentada sobre o assunto de crianças-adolescentes que morrem por utilização de drogas, de suplementos ilícitos, por acreditar que o corpo é o principal em nossas vidas, por achar que existe um "corpo perfeito", quando todos nós, seres humanos, enquanto tenhamos saúde, somos perfeitos... somos a imagem perfeita da Criação com órgãos que devem funcionar da forma mais adequada possível e isso nos torna seres lindos, mesmo que esteticamente, de acordo com o que "comanda" a sociedade, não sejamos exatamente "perfeitos".

Mas o que é perfeito? Não existe perfeição a não ser na concepção de cada ser humano, diferente por natureza! Só pode ser considerado perfeito tudo o que está em harmonia com a Natureza, com a Vida, com a Saúde, com a Paz Interior de cada um de nós... afora isso, tudo é casca.. casca que enruga, envelhece, se quebra e se desfaz! Nada mais... uma roupa que depois de velha ou curta já não nos serve e temos que nos desfazer dela... somos corpos efêmeros... somente nosso "recheio" é o que realmente conta!

Será tão difícil entender coisas tão simples? Pelo visto sim! E enquanto não aprendemos a valorizar o que realmente tem VALOR, seguiremos morrendo, matando e matando-nos sem dó, nem piedade... Apenas por vaidade... por frivolidade!

Que pena!

*********************

Integral & Transpersonal Psychotherapy Center
Consultório Psicológico Online - Inglês, Espanhol e Português - 24 horas/7 dias na semana

Sunday, December 13, 2009

Amor e Apego

Nós costumamos confundir apego com amor.

Apego está sempre preocupado com MINHAS necessidades, MINHA felicidade, enquanto Amor é uma atitude sem egoísmo, preocupada com as necessidades e felicidade dos demais...

O relacionamento livre de egoísmo é livre também de decepções, conflitos, invejas, e outros problemas, e é terra fértil para que nasça o Amor e a Sabedoria.

- Kathleen McDonald, "Como Meditar"



*********************

Integral & Transpersonal Psychotherapy Center
Consultório Psicológico Online - Inglês, Espanhol e Português - 24 horas/7 dias na semana

Friday, December 11, 2009

Você é propensa ao Câncer de Mama? - Parte IV

- Maternidade tardia 

Mulheres que têm sua primeira gravidez completa após os 30 anos ou nunca foram mães têm um alto risco de desenvolver Câncer de Mama, diz Saslow. “Quanto mais filhos a mulher tem, menos o risco de desenvolver o Câncer de Mama – provavelmente porque ela não ovula muito (por causa da gravidez) e dessa forma seu estilo de vida baixa os níveis hormonais”, ela explica. Estudos também sugerem que amamentar oferece alguma proteção contra a enfermidade, particularmente contra o Câncer de Mama pós menopausico. “Os benefícos podem ser pequenos, especialmente para as que o fizeram por pouco tempo, mas há muitas outras vantagens para a saúde o fato de amamentar que encorajam as mulheres a fazê-lo se é que podem, pelo maior tempo que possam”, diz Saslow.

- Vegetais Crucíferos


Alguns floretes ao dia podem manter o Câncer de Mama longe de você. Pesquisa feita pelo Centro de Prevenção do Câncer em Nova Iorque descobriu que mulheres que comem uma mistura de vegetais crucíferos (repolho, brócolis, couve de bruxelas, couveflor, etc) diariamente mostraram uma redução significante no estrogênio o qual acredita-se que seja um componente que causa o Câncer de Mama. “Estes vegetais contêm químicos chamados indoles, que parecem induzir o corpo a colocar para fora o estrogênio que promove o Câncer de Mama”, explica Axelrod. Tente incluir alguns vegetais em sua dieta pelo menos duas a três vezes na semana. Não importa se você os come crus ou cozidos; pesquisadores acreditam que os benefícios são essencialmente os mesmos, independente da forma como você os coma.

Alguns pesquisadores especialistas ainda continuam vendo como encontrar respostas para o conflito gerado pelos seguintes temas:

- A Pílula Anticoncepcional


Uma notícia recente no Jornal de Medicina “The New England” não encontrou nenhuma ligação entre o uso das pílulas anticoncepcionais e o Câncer de Mama. Mas outros estudos encontraram uma leve corelação. “Parece ser seguro utilizar pílulas por 5 a 10 anos”, diz Oratz. “Mas ainda não se sabe bem sobre o uso a longo prazo”.

- Dieta rica em gordura

Dois estudos recentes da Escola de Saúde Pública de Harvard descobriram que mulheres que comeram uma dieta de baixa gordura não são menos suscetíveis ao Câncer de Mama que as que comeram uma dieta de alta gordura. Outros pesquisadores continuam dizendo que comer gorduras monoinsaturadas (como o azeite de oliva) podem diminuir os riscos.

- Exposição ao sol

Mulheres que vivem em áreas ensolaradas possuem uma incidência menor de Câncer de Mama do que as mulheres que não vivem nestas áreas. A razão possível seria que os raios UVB permitem o corpo a produção de vitamina D, que pode reduzir a possibilidade de Câncer de Mama. Mas a conexão entre a vitamina D e o Câncer de Mama ainda é preliminar e ainda não está claro se se podem alcançar os mesmos resultados com suplementos ou comidas fortificadas.

(fim...)

*********************

Integral & Transpersonal Psychotherapy Center
Consultório Psicológico Online - Inglês, Espanhol e Português - 24 horas/7 dias na semana

Wednesday, December 9, 2009

Você é propensa ao Câncer de Mama? - Parte III

- Sutiãs

O rumor do sutiã é baseado na hipótese estabelecida por antropologistas “feministas” alguns anos atrás no livro “Dressed to Kill: The Link Between Breast Cancer and Bras” (Vestida para Matar: A Ligação entre Câncer de Mama e Sutiãs), no qual eles dizem que os sutiãs – especialmente os que têm um ferrinho embaixo – constringem o tecido linfático, permitindo as toxinas cancerígenas a se proliferarem. “Quando eu escutei isso pela primeira vez eu pensei, vocês só podem estar brincando”, diz Pressman. “Pesquisadores provam que o sutiã – inclusive os menores e mais apertadinhos – não interferem na drenagem linfática de forma alguma”. Já foram feitos estudos em larga escala sobre o que pode aumentar o risco de Câncer de Mama e nenhum deles encontrou uma conexão entre usar sutiã e o Câncer de Mama.

- Uma bebida (ou mais) ao dia

Mulheres que tomam uma dose de bebida alcóolica ao dia aumentam as chances de desenvolver o Câncer de Mama em quase 9% a mais do que as que não bebem de jeito nenhum, de acordo com um estudo de 1998 feito pela Escola de Saúde Pública do Centro Médico de Harvard, em Boston. “Nós encontramos que o risco de aumento de Câncer de Mama era de 9% por consumo de bebida diária”, explica o autor do estudo e epidemiologista em Harvard, Stephanie Smith-Warner, Ph.D. Em outras palavras, beber regulamente dois copos de vinho por noite aumentam o risco de Câncer de Mama em aproximadamente 18%; três por noite aumenta o risco para 27%. Então, não é seguro beber de jeito nenhum? “Sim, em moderação”, diz Simmons. “Eu recomendaria limitar a dosagem em um dose ao dia”.

- Acumulando kilos


Ter cuidado com o sobrepeso significa mais do que estar consciente de sua aparência na roupa de banho: pode, realmente, aumentar as suas chances de desenvolver o Câncer de Mama. “Mulheres que têm sobrepeso tendem a ter maior nível de estrogênio no sangue e níveis altos de insulina. Acredita-se que ambos promovem o desenvolvomento das células canceríginas”, explica Oratz. Depois da menopausa, estar com sobrepeso pode aumentar os riscos de Câncer de Mama em mais de 60% de acordo com estudos (Pesquisadores não estão seguros de quanto sobrepeso é muito, isso deve ser checado com o seu médico).

E embora a menopausa ainda esteja com muitos anos por vir, especialistas dizem que deve-se perder qualquer peso extra já. “Você deve realmente evitar o ganho de peso durante os 20, 30 e 40 anos, porque o peso que conseguir nestas idades muito provavelmente será mantido nos anos pós menopausa”, explica Deborah Axelrod, M.D., chefe do Centro Amplo de Câncer do Centro Médico e Hospital São Vicente em Nova Iorque. Você deve também tentar limitar o aumento de peso na gravidez entre 25 a 35 libras (o equivalente a 11,5 a 15,5 kg): um estudo recente da Universidade de Georgetown descobriu que mulheres que ganharam mais de 40 libras (18,5 kg) durante uma única gravdez têm um aumento de 40% de probabilidades de desenvolver o Câncer de Mama após a menopausa (As mulheres que normalmente mantêm o peso adquirido após a gravidez são as de maior risco, não importando o peso inicial).

- Vida sedentária

Há grandes evidências de que ser ativa ajuda a baixar a incidência de Câncer de Mama. Um estudo da Universidade do Sudeste da California, em Los Angeles descobriu que mulheres que participavam de pelo menos quatro horas de exercícios por semana durante os anos de premenopausa tiveram uma redução de 58% do risco de desenvolver o Câncer de Mama, ao contrário das inativas. Por que fazer exercícios trazem tantos benefícios? Principalmente por diminuir o nível de estrogênio no sangue. Estudos mostram que os exercícios podem aumentar a produção de células que combatem o câncer no corpo. Exercite-se pelo menos três vezes na semana, 45 minutos por sessão.

(...continua!...)

*********************

Integral & Transpersonal Psychotherapy Center
Consultório Psicológico Online - Inglês, Espanhol e Português - 24 horas/7 dias na semana

Monday, December 7, 2009

Você é propensa ao Câncer de Mama? - Parte II

- Cafeína

Boas novas para quem gosta de café: não há necessidade de deixar seu pequeno vício. Vários estudos importantes – incluindo um publicado no último mês de janeiro nos Anais de Epidemiologia – não encontraram nenhuma relação entre o consumo de cafeína e os cistos de mama. Nenhuma relação entre cafeína e o Câncer de Mama foi encontrado e “a teoria de que havia uma conexção entre o consumo de cafeína e os cistos de mama nunca foram provadas”, diz Peter Pressman, M.D., professor de cirurgia clínica do Centro Médico Presbiteriano Weill Cornell de Nova Iorque e autor de “Breast Cancer: A Complete Guide” (Câncer de Mama: um guia completo).

- Laticínios


Conecte-se na internet e você irá encontrar uma quantidade enorme de sites que dizem que os hormônios e a gordura animal dos laticínios promovem o Câncer de Mama. “Há rumores que os componentes do leite de vaca contribuem para o Câncer de Mama, mas não há evidências que possam respaldar isso”, diz Saslow. De fato, vários estudos – incluindo um estudo norueguês publicado no “The International Journal of Cancer” (Jornal Internacional do Câncer) – demonstrou que mulheres que tomam mais que três copos de leite de vaca todos os dias têm uma incidência menor de Câncer de Mama. Então vá em frente e mantenha o seu hábito de laticínios (os médicos recomendam com baixa gordura para uma boa saúde geral). Eles podem inclusive ajudar na diminuição do risco de Câncer de Mama.


- Caroços na Mama

Os médicos têm um nome assustador para os caroços na mama: doença fibrocística das mamas. Mas enquanto a palavra “doença” pode induzir ao pânico, caroços nas mamas são extremamente comuns e não estão relacionados diretamente ao Câncer de Mama. “A maioria das mulheres experimentam um inchaço, sensibilidade e endurecimento do tecido da mama durante o mês devido à flutuação hormonal normal; isso não é algo inusual”, diz Ruth Oratz, oncologista do Centro Médico Kaplan Comprehensive Cancer Center da Universidade de Nova Iorque. “Anos atrás, antes dos médicos saberem muito sobre o Câncer de Mama, eles costumavam especular se havia uma ligação entre a doença fibrocística das mamas com o Câncer das mesmas, mas hoje sabemos que não é absolutamente verdade”.

De fato a pesquisadora em Câncer de Mama Susan Love, M.D., analisou estudos seguindo milhares de mulheres com a doença fibriocística da mama e concluiu o risco de Câncer de Mama delas não era mais alto do que as que não apresentavam caroços nas mamas. Mas tendo caroços nas mamas deve-se realizar os autoexames com maior frequência. “Você necessita ter uma boa sensação dos seus tecidos mamários, dessa forma você pode distinguir entre mera mudança fibrocística e um novo caroço real”, diz Pressman.

(... continua!...)

*********************

Integral & Transpersonal Psychotherapy Center
Consultório Psicológico Online - Inglês, Espanhol e Português - 24 horas/7 dias na semana

Saturday, December 5, 2009

Você é propensa ao Câncer de Mama? (Parte I)

Lendo por aí algumas boas informações, encontrei esta sobre o Câncer de Mama que acho que vale a pena ser compartilhado pois pode ajudar a muita gente a despertar para os pontos em que podem melhorar em suas vidas e, consequentemente, diminuir a propabilidade de vir a ter um Câncer de Mama.

Segue a tradução do texto original

Não há parte em nossos corpos pelo qual tenhamos mais obsessão de que por nossos seios. Inclusive as que são menos fanáticas por esta parte tão importante de nossos corpos pensam em como os hábitos diários podem contribuir para que venhamos a ter um Câncer de Mama. E não é para menos ficar tão preocupada e/ou confusa, afinal novos relatórios científicos se contradizem constantemente com relação a um relatório anterior. Uma semana um novo estudo médico fala do que comer para prevenir o Câncer de Mama, na semana seguinte outros falam que dieta não faz diferença. São tantas as surpresas que inclusive as mulheres mais cultas e conhecedoras do tema ficam perplexas.

Há muitos estudos conflitivos por aí, é difícil distinguir entre o que é válido e o que não é”, diz Debbie Saslow, Ph.D., diretora do departamento de Câncer de Mama e Ginecológico da Sociedade Americana de Câncer, em Atlanta. Então quais são os perigos reais para a saúde de nossas mamas – e que perigos são somente mitos? O que realmente impede ou diminui o risco de Câncer de Mama? Trazemos aqui alguns dos especialistas líderes em Câncer de Mama dos Estados Unidos para dar algumas respostas. Leia e tome controle da saúde de suas mamas hoje.


E lembre-se: A clave para ajudá-la  a se manter segura quanto a este tema é visitar o seu Ginecologista todos os anos para o exame de mamas, mensalmente faça o auto exame em casa (o melhor momento é após a menstruação) e siga as recomendações do seu médico para uma mamografia completa. Se o resultado de algum de seus testes der positivo para os genes de Câncer de Mama ou se você tiver um forte histório familiar de Câncer de Mama pré menopausico (dois parentes em primeiro grau que tiveram), estas recomendações podem incluir uma consulta com um especialista em mamas, quem pode aconselhá-la sobre o que pode lhe proteger, incluindo a única coisa que pode prevenir esta enfermidade: “chemoprevention” e/ou mastectomia dupla.

- Mamogramas

Há uma falsa impressão de que a radiação da mamografia anual pode causar Câncer de Mama. Os especialistas dizem que isso simplesmente não existe. Mamogramas a expõem a tão somente 18 milirems de radiação por exame – o equivalente a dois dias de uma exposição  natural em nossa atmosfera, ou mais ou menos quatro vezes a exposição de um vôo entre Nova Iorque e Los Angeles, de acordo com o Colégio de Radiologia Americano.  “Os benefícios de fazer uma mamografia é poder afastar os riscos, considerando quantas vidas ele salva todos os anos”, comenta Rache Simmons, uma cirurgiã de mama do Centro Médico Presbiteriano Weill Cornell, de Nova Iorque. As máquinas de mamografia de hoje emitem significantemente menos radiação que as máquinas de 30 anos atrás.

Então por que os rumores alarmantes? É verdade que uma super dosagem (estamos falando aqui em uma fusão nuclear) de radiação pode levar a mudanças cancerígenas nos tecidos da mama. E as mulheres que são expostas a uma variedade alta de radiação durante a adolescência e na idade adulta jovem têm alta incidência de Câncer de Mama, provavelmente por causa do desenvolvimento do tecido da mama ser mais susceptível aos efeitos. Quando uma mulher na faixa dos 30 ou mais velha é exposta à radiação, o risco não é tão grande quanto em uma mulher mais jovem, diz Simmons. Muitas mulheres não realizam suas mamografias até os 40 anos, a idade recomendada pela guia do Instituto Nacional de Câncer.

(... continua!...)

*********************

Integral & Transpersonal Psychotherapy Center
Consultório Psicológico Online - Inglês, Espanhol e Português - 24 horas/7 dias na semana

Thursday, December 3, 2009

Prece pela Família Humana

Mãe e Pai do Universo,
Nós rezamos por todas as famílias humanas.

Muitas nações estão destruídas pela guerra.
Concede-lhes Paz
e Cura para seus momentos de separação.

Muitas comunidades estão repletas de criminalidade.
Dá-lhes liberdade de seus medos
e esperança para se renovar.

Muitas famílias estão divididas pelo ódio.
Dá-lhes união
e abençoa-lhes com Amor.

Muitas crianças estão abandonadas e assustadas.
Presenteia-lhes com alguém que as ame
e que lhes garanta um futuro.

Amém.

- Vienna Cobb Anderson


*********************

Integral & Transpersonal Psychotherapy Center
Consultório Psicológico Online - Inglês, Espanhol e Português - 24 horas/7 dias na semana

Tuesday, December 1, 2009

Dia Mundial de Combate a AIDS

Desde 1987, a Assembléia Mundial de Saude, juntamente com a ONU, transformou o dia primeiro de dezembro no Dia Mundial de Combate a AIDS com o intuito de reforçar a solidariedade, a tolerância, a compaixão e compreensão às pessoas vítimas do HIV-AIDS.

Nesta data relembramos a necessidade de acabar com o preconceito, o medo, os mitos e a falta de conhecimento, além da discriminação contra as vítimas desta enfermidade, visto que estes fatores são os principais obstáculos para o combate à epidemia, a assistência adequada, ao diagnóstico e ao tratamento.

Outro objetivo para a comemoração desta data, além de eliminar o preconceito, é o de instruir para prevenir, o que deve se tornar um hábito diário na vida de cada ser humano, solidário por natureza.

A AIDS é uma deficiência do sistema imunológico, associada à infecção pelo vírus da imunodeficiência humana, o HIV (por sua sigla em inglês: Human Immunodeficiency Virus), o que provoca o aumento na suscetibilidade a infecções oportunistas, tais como o câncer, a pneumonia, entre outras.

Sabe-se que a transmissão do vírus HIV pode-se dar pelo sangue, pelo sêmen ou secreção vaginal e até mesmo pelo leite materno. Transmite-se também pelas relações sexuais (homossexuais ou não), pela penetração vaginal, oral e-ou anal quando ocorrida sem a proteção da camisinha. Aliás, a penetração sem a devida proteção transmite outros tipos de doenças sexualmente transmissíveis com a mesma facilidade que a AIDS. Compartir seringas entre usuários de drogas injetáveis, transfusão de sangue contaminado, instrumentos perfurantes e-ou cortantes não esterilizados, além do parto e amamentação por parte de uma mãe portadora do vírus são outras formas de transmissão.

Atualmente o tratamento é feito com a ajuda de "antiretrovirais" que proporcionam uma melhoria na qualidade de vida, embora não garanta a cura. Esta terapia reduz a ocorrência de infecções ditas "oportunistas", reduz ainda a mortalidade e garante um aumento da sobrevida dos pacientes, uma vez que estes medicamentos suprimem de forma agressiva a replicação do vírus HIV.

Alguns mitos ainda persistem atualmente e devem ser "quebrados" urgentemente, a exemplo da forma de transmissão da doença.

NÃO se contagia com HIV através:
- do beijo
- do abraço
- do toque
- do compartilhar talheres
- do utilizar o mesmo banheiro
- da tosse
- do espirro
- da prática de esportes
- da piscina
- da praia
- do aperto de mão

Digamos NÃO ao preconceito e vamos ser mais solidários com os que realmente necessitam de nós.

Lembem-se: um simples ABRAÇO pode salvar vidas. Muitas vezes de uma tal forma como jamais pudéssemos imaginar.

Beijos, flores e muitos sorrisos... sempre solidários!

*********************

Integral & Transpersonal Psychotherapy Center
Consultório Psicológico Online - Inglês, Espanhol e Português - 24 horas/7 dias na semana

Sunday, November 29, 2009

O QUE FAZER SE VOCÊ TEM UM FILHO QUE ESTÁ COM SOBREPESO


Uma dieta saudável e atividades regulares são a chave para um peso saudável.


- Passo 1: Comida saudável para todos
Toda a família deveria adotar hábitos alimentares saudáveis. A família inteira será beneficiada com estes novos hábitos.

- Passo 2: Açúcares e gorduras
Elmine todas os excessos de gorduras e açúcar e lanches. Encorage o uso de mais frutas e vegetais como lanche.

- Passo 3: Limite a quantidade de lanches
Elimine a frequência de lanches entre as refeições

- Passo 4: Porções
Reduza as porções das refeições.

- Passo 5: TV
Limite o tempo que a criança assiste a televisão e jogue no computador.

- Passo 6: Seja ativo
Encorage as crianças a jogar fora de casa todos os dias, gaste tempo com elas sendo ativo, use o fim de semana como uma oportunidade para caminhadas, natação e ciclismo.

- Passo 7: Todos devem participar
Assegure-se que toda a família e outros adultos que cuidem das crianças sejam conscientes dos novos hábitos alimentares saudáveis.

Passo 8: Não desista
Crie regras e seja consistente.

Passo 9: Peça ajuda
Se você necessita conselhos, ou suporte, busque ajuda especializada.

*********************

Eu insisto e não desisto deste tema jamais, porque tenho visto muitas crianças tão pequeninas e já doentes pela falta de cuidado dos pais, afinal de contas, uma criança não pode ser responsável pela má educação alimentar que tenha, o que lhe irá, em um futuro, promover toda uma série de enfermidades graves e fatais, devido, unicamente à falta de Amor (essa é a verdade) dos pais que não cuidam a estas crianças como elas realmente merecem.

Vamos ficar alerta, minha gente! Diabetes, obesidade, problemas coronários, pressão alta, não são doenças interessantes, nem para adultos, nem para crianças, para estas, menos ainda, pois as priva de uma vida futura feliz!

Amemos a nossos meninos e meninas... deixemos que eles sejam crianças ativas e racionalmente alimentadas e, em um futuro, adultos saudáveis e FELIZES!


*********************

Integral & Transpersonal Psychotherapy Center
Consultório Psicológico Online - Inglês, Espanhol e Português - 24 horas/7 dias na semana

Friday, November 27, 2009

E já que estamos falando em gripe suína...

Em tempos de gripe suína...
... até os táxis devem ser desifectados.

Em alguns países os taxistas já estão a mudar de hábitos e costumes para satisfazer aos clientes cada vez mais exigentes quanto à saúde e higiene.


Aqui na Irlanda, por exemplo, após cada passageiro, o taxista desinfecta o carro com um spay sanitário usados nos hospitais (TRIO100 Sanitiser) que é inodoro e tem um tempo de contato de 10 segundos.

Segundo especialistas este spray é capaz de matar todos os germes conhecidos e proteger os passageiros contra a gripe suína, que não está a dar tréguas.

Os taxistas também utilizam um gel especial para higienizar as mãos e com isso evitar a transmissão da doença.

Vale a pena saber!
Vale a pena divulgar a idéia!

Beijos, flores e muitos sorrisos!

*********************

Integral & Transpersonal Psychotherapy Center
Consultório Psicológico Online - Inglês, Espanhol e Português - 24 horas/7 dias na semana

Wednesday, November 25, 2009

Gripe Suína... Convém saber!

GRIPE SUÍNA (GRIPE A)

PERGUNTAS E RESPOSTAS:

1. Quanto tempo dura vivo o vírus suíno numa maçaneta ou superfície lisa?
Até 10 horas.

2. É útil o álcool em gel para se limpar as mãos?
Torna o vírus inactivo e mata-o.

3. Qual é a forma de contágio mais eficiente deste vírus?
A via aérea não é a mais efectiva para a transmissão do vírus, o factor mais importante para que se instale o vírus é a umidade, (mucosa do nariz, boca e olhos) o vírus não voa e não alcança mais de um metro de distância.

4. É fácil contagiar-se em aviões?
Não, é um meio pouco propício para ser contagiado.

5. Como posso evitar contagiar-me?
Não passar as mãos no rosto, olhos, nariz e boca. Não estar com gente doente. Lavar as mãos mais de 10 vezes por dia.

6. Qual é o período de incubação do vírus?
Em média de 5 a 7 dias e os sintomas aparecem quase imediatamente.

7. Quando se deve começar a tomar o remédio?
Dentro das 72 horas os prognósticos são muito bons, as melhoras são de 100%

8. De que forma o vírus entra no corpo?
Por contato ao dar a mão ou beijar-se no rosto e pelo nariz, boca e olhos.

9. O vírus é mortal?
Não, o que ocasiona a morte é a complicação da doença causada pelo vírus, que é a pneumonia.

10. Que riscos têm os familiares de pessoas que faleceram?
Podem ser portadores e formar uma rede de transmissão.

11. A água de tanques ou caixas de água transmite o vírus?
Não porque contém químicos e está clorada

12. O que faz o vírus quando provoca a morte?
Uma série de reações como deficiência respiratória, a pneumonia severa é o que ocasiona a morte.

13. Quando se inicia o contagio, antes dos sintomas ou até que se apresentem?
Desde que se tem o vírus, antes dos sintomas.

14. Qual é a probabilidade de recair com a mesma doença?
De 0%, porque fica-se imune ao vírus suíno.

15. Onde encontra-se o vírus no ambiente?
Quando uma pessoa portadora espirra ou tosse, o vírus pode ficar nas superfícies lisas como maçanetas, dinheiro, papel, documentos, sempre que houver humidade. Já que não será esterilizado o ambiente se recomenda extremar a higiene das mãos.

16. O vírus ataca mais às pessoas asmáticas?
Sim, são pacientes mais susceptíveis, mas ao tratar-se de um novo germe todos somos igualmente susceptíveis.

17. Qual é a população que está atacando este vírus?
De 20 a 50 anos de idade.

18. É útil a máscara para cobrir a boca?
Existem alguns de maior qualidade que outros, mas se você não está doente é pior, porque os vírus pelo seu tamanho o atravessam como se este não existisse e ao usar a máscara, cria-se na zona entre o nariz e a boca um microclima húmido próprio ao desenvolvimento viral: mas se você já está infectado use-o para não infectar aos demais, apesar de que é relativamente eficaz.

19. Posso fazer exercício ao ar livre?
Sim, o vírus não anda no ar nem tem asas.

20. Serve para algo tomar Vitamina C?
Não serve para nada para prevenir o contágio deste vírus, mas ajuda a resistir a seu ataque.

21. Quem está a salvo desta doença ou quem é menos susceptível?
A salvo não esta ninguém, o que ajuda é a higiene dentro de lar, escritórios, utensílios e não ir a lugares públicos.

22. O vírus se move?
Não, o vírus não tem nem patas nem asas, a pessoa é quem o coloca dentro do organismo.

23. As mascotes contagiam o vírus?
Este vírus não, provavelmente contagiem outro tipo de vírus.

24. Se vou ao velório de alguém que morreu desse vírus posso me contagiar?
Não.

25. Qual é o risco das mulheres grávidas com este vírus?
As mulheres grávidas têm o mesmo risco mas por dois, podem tomar os antivirais mas em caso de contágio e com estrito controle médico.

26. O feto pode ter lesões se uma mulher grávida se contagia com este vírus?
Não sabemos que estragos possa fazer no processo.

27. Posso tomar ácido acetilsalicílico (aspirina)?
Não é recomendável, pode ocasionar outras doenças, a menos que você tenha prescrição por problemas coronários, nesse caso siga tomando.

28. Serve para algo tomar antivirais antes dos sintomas?
Não serve para nada.

29. As pessoas com AIDS, diabetes, cancer, etc., podem ter maiores complicações que uma pessoa sadia se contagiam com o vírus?
SIM.

30. Uma gripe convencional forte pode se converter em influenza?
NÃO.

31. O que mata o vírus?
O sol, mais de 5 dias no meio ambiente, o sabão, os antivirais, álcool em gel.

32. O que fazem nos hospitais para evitar contágios a outros doentes que não têm o vírus?
O isolamento.

33. Se estou vacinado contra a influenza estacional sou inócuo a este vírus?
Não serve para nada.

34. Este vírus está sob controle?
Não totalmente, mas estão tomando medidas agressivas de contenção.

35. O que significa passar de alerta 4 a alerta 5?
A fase 4 não faz as coisas diferentes da fase 5, significa que o vírus se propagou de Pessoa a Pessoa em mais de 2 países; e fase 6 é que se propagou em mais de 3 países.

36. As crianças com tosse e gripe têm influenza?
É pouco provável, pois as crianças são pouco afectadas.

37. Medidas que as pessoas que trabalham devam tomar?
Lavar-se as mãos muitas vezes ao dia.

38. Posso me contagiar ao ar livre?
Se há pessoas infectadas e que tussam e/ou espirrem perto pode acontecer, mas a via aérea é um meio de pouco contágio.

39. Pode-se comer carne de porco?
A carne de porco não oferece nenhum risco de contágio a nao ser os ja conhecidos.

40. Qual é o fator determinante para saber que o vírus já está controlado?
Ainda que se controle a epidemia agora, no inverno boreal (hemisfério norte) pode voltar e ainda não haverá uma vacina.

(Recebido por email. Desconheço a veracidade das informações, mas toda forma de prevenção e informação é válida)

*********************

Integral & Transpersonal Psychotherapy Center
Consultório Psicológico Online - Inglês, Espanhol e Português - 24 horas/7 dias na semana

Monday, November 23, 2009

Existe...

Existe uma enfermidade grave em que a produção de urina diminui enquanto o paciente vai eliminando secreções normais do corpo.

A boca começa a parecer seca, os olhos perdem a vida e o brilho.

A vítima começa a emagrecer visivelmente como causa de desnutrição aguda.

Os batimentos cardíacos caem gradualmente e a pressão arterial diminui.

O cérebro começa a funcionar mal por falta de glicose e oxigênio. Os neurônios começam a morrer.

A vítima deixa de responder ao ambiente que o rodeia e começa a exibir marcas sérias de desidratação, a exemplo da pele extremamente seca.

Os rins ficam gravemente prejudicados e as toxinas percorrem todo o  organismo.

Há falência da oxigenação dos músculos e vários sistemas começam a falhar.

O cérebro já não envia ordens de funcionamento ao restante do corpo e ocorre falência geral dos órgãos.

O corpo não resiste e a morte é inevitável!!!...

Segundo a medicina, esta enfermidade é um estado em que o paciente encontra-se extremamente enfraquecido...

Parece sério, não?! E é!... Mas pasmem! É uma enfermidade de fácil tratamento, embora atinja a milhões de crianças e adultos em todo o mundo...

Os responsáveis? Nós, que por nossa falta de tempo diária viramos as costas aos que necessitam!


Essa doença grave chama-se "Inanição" e a cura é simples... alimento! Todo aquele alimentos que nos sobra e que muitas vezes jogamos no lixo... todo aquele alimento que nos nutre o corpo, mas que nossa alma enferma insiste em rejeitar por não ter boa aparência aos nossos olhos e paladar exigentes...

Até quando vamos permitir que isso siga acontecendo no mundo diante de nosso nariz sem nada fazer?

E´hora de pensar em mudanças de atitudes já!

*********************

Integral & Transpersonal Psychotherapy Center
Consultório Psicológico Online - Inglês, Espanhol e Português - 24 horas/7 dias na semana

Thursday, November 19, 2009

Por que as pessoas gritam quando estão aborrecidas?

"Quando duas pessoas estão aborrecidas, seus corações se afastam muito.
E, para cobrir essa distância, precisam gritar para se escutarem.
Quanto mais aborrecidas, mais forte gritarão para ouvir um ao outro e cobrir a distância que os separa.
Por outro lado, quando duas pessoas estão enamoradas, não gritam; falam suavemente e até sussurram.
E conclui: quando discutirem, não deixem que seus corações se afastem, não digam palavras que os distanciem,
pois chegará um dia em que a distância será tanta que não mais encontrarão o caminho de volta".

Mahatma Gandhi

*********************

Integral & Transpersonal Psychotherapy Center
Consultório Psicológico Online - Inglês, Espanhol e Português - 24 horas/7 dias na semana

Tuesday, November 17, 2009

Ácido Oxálico no Espinafre


Esta pergunta foi feita a Victoria Boutenko, crudívora ativa juntamente com sua família, e é parte de um dos capítulos de seu livro "Green Smoothie Revolution".

Vejamos o que ela diz a respeito.

Pergunta:
- Devemos evitar comer espinafre por causa do ácido oxálico?

Victoria:
- O ácido oxálico é considerado perigoso porque pode se combinar com o cálcio e pode reduzir a absorção do corpo a este mineral tão importante. Por alguma razão ainda desconhecida, o ácido oxálico no espinafre não é tão perigoso quanto o ácido oxálico contido na maioria dos outros alimentos a exemplos de grãos, fejões e, especialmente café e chá. Enquanto o espinafre é capaz de diminuir a perda do cálcio pelo corpo, o café não. Deveriamos estar muito mais preoupados com o ácido oxálico contido no café e outros produtos do que no epinafre. Ao mesmo tempo, embora a quantidade de ácido oxálico contido no espinafre seja mínima, se você não varia seus vegetais e usa somente espinafre por várias semanas, você pode acumular ácido oxálico no organismo e experimentar algum sintoma de envenenamento. Lembre-se... varie seus vegetais!





* Tradução minha :o)

Observação minha:
Pode-se evitar o excesso de ácido oxálico na maioria dos vegetais verdes, optando-se por consumir folhas jovens, que contêm uma concentração menor deste ácido.

*********************

Integral & Transpersonal Psychotherapy Center
Consultório Psicológico Online - Inglês, Espanhol e Português - 24 horas/7 dias na semana

Monday, November 16, 2009

What's beautiful?

Há algum tempo publiquei este mesmo post no Eu Sei Que Vou Te Amar, mas acho que é hora de republicá-lo, visto a importância e eterna atualidade deste problema tão grave, social e psicologicamente, em nosso mundo.

Beijos, flores e muitos sorrisos... sempre!


*********************


Picture by Reuters

Vejo uma foto como esta que publico hoje e fico a pensar e comparar estas meninas com os meninos da Etiópia... Uma lágrima me vem aos olhos, uma tristeza me invade o coraçao, para utilizar a palavra adequada, sinto-me estupefacta com tamanha distorçao da realidade...

Que há de real na comparaçao entre estas "belas" meninas e os meninos "feios" de Etiópia? Que há de semelhança, que há de diferença? Haverá alguma?...

Elas sao "belas" porque sao magras (por que nao dizer anoréxicas, se é o termo adequado? principalmente porque ser magra é outra coisa...) e exibem sua beleza-óssea em desfiles de modas, ditos de "beleza"... beleza esta que é nada mais que uma forma distorcida de seus próprios preconceitos, porque nao comem (quando devem e podem faze-lo) para manter um peso baixíssimo fruto do equívoco causado pela distorçao de sua imagem pessoal e social...

Eles? Eles sao "feios" porque exibem sua feiura-óssea, própria daqueles que nao comem (estes porque nao podem, por nao ter o que comer...) e mantém um peso baixíssimo fruto da desnutriçao, do descaso do Governo e da sociedade, de sua condiçao paupérrima...

Elas morrem (porque esta "beleza" mata)... morrem de tristeza... A grande maioria se suicida por causa de depressao profunda, de incompreensao sofrida pelos demais, os "demais" que sao os mesmos que as pressionam a se manter assim, magérrimas e sem saúde (física e psicológica), quando poderiam te-la... (pois dinheiro nao lhes falta, pelo contrário... lhes sobra)...

Eles tambem morrem (porque esta "feiura" mata)... morrem também de tristeza... mas a sua tristeza é outra... é causada pela fome, porque suas maes, também famintas nao tem leite em seus seios para alimentá-los, porque nao há comida para todos (pois dinheiro nao lhes sobra, pelo contrário... lhes falta), e por este motivo, passam a ser eles mesmos, alimento para outros seres, que por sua própria natureza e nao por maldade, se alimentam daquilo que caçam...

Todos sao crianças... Meninas e meninos que morrem antes de crescer, antes de aprender a ser gente grande, a ter esperança futura... Sim! Crianças, porque mesmo com suas caras de mulheres maduras e vividas, nao passam de meninas recém-saídas da adolescencia (muitas delas ainda nela...)

Os responsáveis? Somos todos nós... Todos nós que deixamos que nossas filhas se comparem a estas meninas, que encontrem "beleza" em pele e osso, onde nao há... pois um índice mínimo destas meninas sao naturalmente magras (que seria sua beleza natural, completamente diferente)... a grande maioria é assim porque sao impostas a se-lo, por vaidade, por frivolidade...

Acho que está mais do que na hora de que paremos para refletir, pensar e descobrir a resposta para uma pergunta que me vem agora a mente... "What's beautiful?"

No meu dicionário, bonito é tudo aquilo que está em HARMONIA com a natureza... Bonito é ter saúde... Bonito é ser bom, para si e para os outros... Bonito é, antes de mais nada, amar-se a si mesmo, pois o amor ao próximo só poderá vir daí...

"What's is beautiful?"... Bonito é ver nossos filhos com alegria, é ve-los crescer saudáveis, em paz, para que possam, quando chegue o seu momento, ser os pais que verao a VERDADEIRA BELEZA também em seus filhos e nos filhos de seus filhos...

E para vós, "What's beautiful?"... Reflitamos...

Beijos, flores e sorrisos para todos!



*********************

Integral & Transpersonal Psychotherapy Center
Consultório Psicológico Online - Inglês, Espanhol e Português - 24 horas/7 dias na semana

Thursday, November 12, 2009

Hábitos Saudáveis para as Crianças - Um Guia para a Família



Boa nutrição é essencial para toda a família, mas especialmente para o crescimento e desenvolvimento de todas as crianças em idade escolar.

Crianças necessitam alimentação regular e lanches saudáveis para ter a energia que precisam.

Alimentação e lanches saudáveis provêem:
- Alimentação para o cérebro e aprendizagem
- Ajuda no comportamento em casa e na escola
- Energia para crescer e brincar
- Ossos saudáveis
- Dentes saudáveis

O aumento dramático da obesidade infantil e´uma preocupação considerável em todo o mundo. O alto consumo de doces, refrigerantes e lanches com alto nível de gordura combinados com um baixo nível de atividade física contribuem grandemente para o crescimento deste problema tão grave.

O que as crianças necessitam:

- Comidas energéticas (pães, bolachas, bolos de arroz, batatas, cereais, arroz e massas)
Estas comidas têm um alto nível de energia e são baixas em gordura.
Grãos integrais são uma excelente fonte de fibra.
Podem fazer parte de todas as refeições e do lanche da escola
Para o desjejum escolha cereais que não sejam cobertos com açúcar ou saborizados artificialmente


- Frutas e Vegetais (maçãs, laranjas, peras, bananas, pêssegos, uvas, tangerinas, morangos, melão, cenoura, tomate, pepino, alface, aipo)
Estas comidas são fonte de vitaminas, minerais e fibras.
Encorage o uso de frutas no lanche.
Adicione vegetais no almoço ou jantar de todos os dias.
Prove diferentes tipos de frutas e vegetais.
Ofereça o mais que puder, vegetais e frutas cruas.
Comece com pequenas quantidades.
Prove diferentes sucos e vitaminas.

- Laticínios (leite, queijo, iogurte)
São fontes de cálcio para ossos saudáveis.
Lanche saudável para a casa ou para a escola
Elimine o uso de iogurtes tipo mousses ou pudins.

- Proteínas (ovos, nozes, feijões - provêem proteínas e vitaminas, além de serem boas fontes de ferro)
Ajudam o corpo a reparar-se a si mesmo e combater infecções
Elminie todo tipo de fonte protéica processada por possuirem alto nível de sal e gorduras.

O que os pais podem fazer para encorajar hábitos saudáveis:
- Seja o exemplo, um bom modelo a ser seguido - alimentação saudável para todos
- Tenha alimentações em horários regulares.
- Compartilhe do horário das refeições unidos com toda a família
- Desenvolva hábitos alimentares saudáveis
- Assegure-se de que as crianças tenham sempre um bom desejejum
- Tenha um tempo adequado para comer.
- Planeje bem as compras e assim pode-se preparar refeições saudáveis, isso evita estar comprando lanches não saudáveis.
- Ofereça lanches saudáveisàs crianças.
- No almoço ou jantar tente oferecer uma única refeição para toda a família. Tente reduzir o uso de comidas processadas que, geralmente têm excesso de sal e gordura, além de outros preservativos.
- Envolva as crianças no preparo de almoços e jantares... Elas acharão divertido.

Ofereça sempre bebidas saudáveis:
- Água é a melhor opção para a sede.
- Leite é também uma bebida saudável.
- Assegure-se de oferecer sucos naturais a cada refeição.
- Evite o uso de refrigerantes ou bebidas artificiais.


Elimine o excesso de lanches:
- Lanchar todo o dia em lugar das refeições leva a uma dieta não balanceada.
- Lanches como biscoitos, bolos, chocolates, batatas fritas que têm um alto teor de açúcar e gorduras.

Seja ativo:
- Levar uma vida ativa é muito importante para uma vida saudável.
- Encourage as crianças a brincar e ser ativos todos os dias.
- Limite o tempo de assistir a TV e o tempo utilizado no computador, Playstation ou outras atividades sentadas.

Vamos ajudar a nossos filhos. Se de pequeninos eles aprendem a ter hábitos alimentares saudáveis, dificilmente serão adultos enfermos... Essa talvez seja a nossa maior prova de amor a eles, nossos filhos.

Acreditem, não é difícil. Tenho minha experiência pessoal na criação dos meus dois filhos os quais são vegetarianos desde o nascimento o que prova que a utilização de hábitos alimentares saudáveis é exatamente isso, um hábito. Assim como as crianças se acostumam ao que não é saudável, também podem se acostumar com o que o é. Todo hábito transforma-se em um estilo de vida... Vale a pena tentar! E não desistir!

Beijos, flores e muitos sorrisos... :o)

****************************************

Integral & Transpersonal Psychotherapy Center
Consultório Psicológico Online - Inglês, Espanhol e Português - 24 horas/7 dias na semana

Monday, November 9, 2009

"Se você não tem Amor, nem consideração pelos outros, nem dedicação, nem perseveraça, impetuosamente pensar que Deus ou alguém mais cuidará de tudo por você, você está denegrindo o seu Deus interior. Isto significa que você não se leva a sério, ou que não está devotando-se a si mesmo, ou não está consciente do seu Eu Verdadeiro. Tais pessoas possivelmente não poderão ter sucesso."

(Masaharu Taniguchi)


Lendo este texto de Taniguchi paro para pensar que sem dedicação no nosso dia a dia, sem a total aceitação de como somos, sem a completa entrega de nós mesmos àquilo que buscamos e desejamos - levando sempre em conta o que é bom ou não para nossas vidas, o que é sábio ou não -, é realmente um pouco difícil alcançar alguma meta desejada.

Somos como nossos computadores, se enviamos uma mensagem positiva, enviamos datos para uma ação positiva, a resposta será definitivamente... positiva! No entanto se enviamos algo negativo, se enviamos um vírus, se instalamos um programa de forma inadequada a resposta será sempre... negativa, com certeza! Nossa mente nao funciona de forma muito diferente... acredite!

Acreditemos mais em nós mesmos, em nossa capacidade de superar obstáculos, acreditando em nosso Deus interior, nosso Eu Verdadeiro, a única realidade em nossas vidas, já que todo o demais, o externo não nos pertence!

Beijos, flores e muitos sorrisos... sempre!

*******************************

Integral & Transpersonal Psychotherapy Center
Consultório Psicológico Online - Inglês, Espanhol e Português - 24 horas/7 dias na semana

Sunday, November 8, 2009

Mau Humor Crônico = Distimia

Quem nesta vida já não conheceu aquela pessoa que vive reclamando, a qual é praticamente impossível fazer companhia dada a sua antipatia e/ou mau humor frequente?

Confesso que não sabia, mas semana passada lendo um artigo sobre o assunto descobri que esse mal tem nome: Distimia e melhor, que pode ter cura... Imaginem que maravilha!

O Prof. Antônio Egídio Nardi, da UFRJ, vem estudando o caso há, pelo menos, 15 anos e já fez algumas descobertas bem interessantes e, quem sabe em um futuro próximo já se possa identificar o problema mais facilmente por meio de um simples exame laboratorial, pois atualmente o disgnóstico é puramente psiquiátrico, o que dificulta muito na descoberta precoce do problema, visto que muita gente ainda tem preconceitos com as questões psicológicas e-ou psiquiátricas e, muitas vezes, embora necessitem, evitam buscar ajuda para não serem taxados de "loucos".

Segundo o Prof. Nardi a Distimia é aquele mau humor crônico, persistente, aquela pessoa que é o típico "chato" que fica mau humorado por qualquer besteira, em qualquer situação, que tem baixa autoestima, é pessimista e perde facilmente o prazer pelas atividades. Imaginem que difícil deve ser para conviver com alguém assim e mais, como deve ser difícil para alguém com este problema conviver em sociedade sendo mal compreendido, insultado e tendo sua situação piorada a cada nova situação complicada... não deve ser nada fácil!

A Distimia também pode ser chamada de Transtorno Distímico que vem a ser um transtono afetivo crônico de caráter depressivo leve, embora não seja considerado um tipo de depressão, exatamente. Pode ter origem genético-hereditária, cujo desenvolvimento pode ser influenciado por fatores psicosociais que levam ao isolamento, podendo ser, no entanto causado pela disfunção de substâncias como a serotonina e a noradrenalina.

A pessoa portadora de Distimia hipervaloriza o lado ruim de tudo na vida e com isso vem o risco de depressão propriamente dita e dependência química. Os sintomas podem ser percebidos inicialmente pelo fato de a pessoa ser ou estar mau humorada todos os dias, sem motivos aparentes por um período de dois anos seguidos e pode durar anos e anos se não for tratada convenientemente.

Como na maioria de transtornos depressivos ou que levam à depressão, as mulheres são as vítimas principais da doença devido a alterações hormonais mais frequentes que nos homens.

O Prof. Nardi diz que os mau humorados crônicos normalmente têm poucos amigos, não somente porque as pessoas os deixam irritados, mas também pelo fato de que eles costumam irritar as pessoas ao redor com muita facilidade, o que só faz piorar a situação psicossocial do portador de Distimia, levando-o a um isolamento cada vez maior e causando um aumento significativo dos sintomas, que costumam ser:

- Transtonos alimentares, tais como inapetência ou comer excessivamente.
- Transtornos do sono, tais como insônia ou sonolência exagerada.
- Fadiga constante ou a sensação de falta de energia vital.
- Perda de memória e da capacidade de concentração.
- Baixa autoestima e sentimentos de incapacidade.
- Pessimismo constante.
- Incapacidade na tomada de decisões.
- Fobia social e isolamento o que pode acarretar, inclusive, na perda do interesse por atividades prazerosas e-ou sexuais.

A pressão externa é também um fator preocupante pois a maioria das pessoas que estão ao redor do Distímico não percebe que na realidade esta pessoa necessita ajuda médica e ao invés de ajudar neste sentido, pressionam para que melhorem o seu mau humor sob o risco de perder o trabalho ou o fim da relação conjugal, entre outras coisas. Por outro lado, o próprio Distímico costuma buscar a causa para seu problema em situações externas, tais como o trânsico, a chuva, o frio, o vento, o calor, o trabalho, a política, tudo, menos nele mesmo, o que alías é comum na maioria dos problemas de ordem psicológica e-ou psiquiátrica.

Embora seja um problema que dure anos, o tratamento adequado e precoce pode melhorar em muito o estado geral da pessoa e embora a cura ainda esteja sendo estudada, pode ser uma realidade dentro de pouco tempo.

Segundo os especialistas o tratamento mais eficaz é a associação de medicina antidepressiva inibidora da recaptação da serotonina com as psicoterapias de conduta, cognitivas, psicoanalícas, interpessoais e de grupo, vez que sem o tratamento adequado o normal é que o problema se agrave e evolucione para um quadro de depressão grave, real e maior.

Como em todo problema de ordem física, emocional e psicológica a prevenção e o diagnóstico precoce são as melhores alternativas. Devemos estar sempre alerta ao que passa ao nosso redor, tanto conosco quanto com aqueles que nos cercam. Somos seres sociais e portanto somos também responsáveis pelo que passa com aqueles que estão ao nosso lado. Se identificamos algo anormal, é nosso dever dar o primeiro sinal de alerta e, a partir daí, conduzir o outro (ou a nós mesmos) a buscar uma ajuda especializada com a finalidade de melhorar a qualidade de vida.

Muitos beijos, flores e muitos sorrisos.. sempre bem humorados!

***********************

Integral & Transpersonal Psychotherapy Center
Consultório Psicológico Online - Inglês, Espanhol e Português - 24 horas/7 dias na semana

Friday, November 6, 2009

Para pensar...


Para pensar...

"A higiene alimentar é incontestavelmente a base da saúde e da longevidade".

Lamentavelmente o homem não tem noção do que venha a ser uma alimentação racional e o preço pago por esta ignorância, na maioria das vezes, é muito alto.

Em busca de fortuna o Ser Humano submete os alimentos a uma mastigação não cuidadosa, come apressadamente para não perder tempo e devora as refeições em poucos minutos, e, para estimular o sistema nervoso (que não pôde ser estimulado pela rapidez com que o corpo recebeu os alimentos) acaba recorrendo a tóxicos e excitantes, tais como álcool, chá, café, entre outros.

Quando, ao fim de longos anos alcança a sua meta financeira, a saúde ja está seriamente comprometida. Neste momento, busca ajuda dos médicos que, via de regra, não podem fazer milagres, vez que muitas vezes deparam-se com a impossibilidade de conservar a vida de um organismo cujos órgãos apresentam lesões profundas e/ou, muitas vezes, irreparáveis.

Eu, particularmente, costumo dizer sem exagero, que, via de regra, somos todos suicidas... matamo-nos homeopaticamente, dia a dia, a cada segundo!

Vale a pena parar para pensar... e mudar!!! Para melhor!!!

Beijos, flores e muitos sorrisos para todos!

**********************

Integral & Transpersonal Psychotherapy Center
Consultório Psicológico Online - Inglês, Espanhol e Português - 24 horas/7 dias na semana

Thursday, November 5, 2009

Decisões são para serem tomadas... e respeitadas!



Acho que todos nós, em algum momento de nossas vidas, já passamos por uma situação assim... de ser absolutamente incompreendidos nas decisões que tomamos em nossas próprias vidas...

De repente decidimos levar uma vida mais saudável (seja física ou espiritualmente) e eis que nos deparamos com a total responsabilidade por nossas mudanças de hábito e o por quê?

Porque de repente parece que todos se voltaram contra nós, inclusive nossas famílias, que de repente resolvem trazer para casa todo tipo de "junk food", ou sugerem e convidam a todos para passar uma tarde na sorveteria, ou na churrascaria, ou resolvem, sem mais nem menos, que as comidas da casa devem ser feitas com gordura de porco, enquanto tudo o que desejamos e necessitamos é de saborear um bom pedaço de brócolis, fazer uma boa meditação e ser respeitados nesta decisão...

Ok... então não nos resta outra... deixemos de pensar que nossas decisões são um jogo em que disputamos nós contra todo um estádio de futebol cheio de oponentes...

Se somos incompreendidos, paciência... Deixemos que com o tempo as pessoas que nos cercam aprendam que nossas vidas são nossas, tanto quanto nossas decisões e com o tempo, fatalmente acabarão por compreender nossos pontos de vista e respeitá-los...

Por isso, não desista... sejam quais forem as mudanças que deseja fazer em sua vida, desde que sejam para melhor... vá sempre em frente!

Beijos, flores e muitos sorrisos!

Wednesday, November 4, 2009

Bemvindos ao Viver Integral

Viver

v int viver [vi'ver]: existir, morar, continuar vivo
v t viver experimentar
Integral
adj m+f integral (integrais [ĩtə'grajʃ] pl) [ĩtə'gral] total, completo


Viver Integral é viver de forma plena e sana o único bem que possuímos em realidade, nossas vidas.

Este blog é dedicado a todos aqueles que necessitam de ajuda física, emocional, psicológica e nutricional para poder alcançar aquela que deve ser a nossa maior e melhor meta, que mais do que ser acrescentar anos a nossas vidas, deve ser a de acrescentar Vida a nossos anos para, a partir daí, viver integrada, plena, integralmente a Vida.

Sintam-se em casa. Comentem, concordem, discordem, dêem sua opinião. Somente assim poderemos melhorar e acrescentar algo a nossa existência.

Beijos, flores e muitos sorrisos para todos!

Adendo

Viver Integral é viver de forma plena e sana o único bem que possuímos em realidade, nossas vidas.

Este blog é 100% espiritualista, não importando religiões, doutrinas, seitas. O que prevalece neste espaço é o amor e a bondade que advém unicamente do respeito pelas diferenças.

Aqui respeita-se o ser humano, enquanto Ser e Humano, da mesma forma que são respeitadas todas as formas de vida com anima, sejam racionais ou não, traduzindo-se em uma forma de vida mais natural e centrada.

Os artigos de nutrição e alimentação seguirão os padrões vegetarianos sob suas mais diversas formas (embora sejamos crudivoros veganos) buscando-se respeitar também aos que ainda sentem a necessidade física de algum componente animal em sua dieta, a exemplo de laticinios.

Os conselhos de saúde aqui oferecidos são de caráter puramente amador, visto que são fruto de muita leitura e curiosidade tão somente, não refletindo em nenhum tipo de conceito científico ou não pretendendo, em absoluto, substituir qualquer tipo de aconselhamento médico. Na dúvida ou na necessidade, busque ajuda médica especializada.

Os aconselhamentos psicológicos estarão a cargo de Rafael Morales, psicoterapeuta com vários anos de treinamento e experiência profissional em Psicologia e Psicoterapia Transpessoal-Integral apoiando indivíduos, casais e famílias em diferentes Centros de Saúde Mental, Educacionais e de Apoio à Comunidade na América do Sul e nos Estados Unidos, tanto pessoalmente como online, através de Intrapsyc.

Sintam-se em casa. Comentem, concordem, discordem, dêem sua opinião. Somente assim poderemos melhorar e acrescentar algo a nossa existência.

Beijos, flores e muitos sorrisos para todos!

É Bom Saber!

Word of the Day

Article of the Day

This Day in History

Today's Birthday

In the News

Quote of the Day

Share

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites